Maemo SDK Appliance, release 0.4 “Not So Fat”

Finally the new version of the appliance, and it is “Not So Fat” as we expected, since it is loaded of good stuff. See the Release Notes:

This release is loaded with a lot of goodies: Maemo 4.0 (Chinook) final and Maemo 3.2 (Bora) with Nokia Binaries Installer, PyMaemo packages, Vala compiler and its Hildon bindings for Chinook, Maemomm libraries, EVAS (Bora and Chinook, but i386 only), qemu-arm-eabi used as default cpu transparency method, Eclipse with ESbox plugin, and Firefox has now a lot of bookmarks for reference material. There are code samples for all the libraries and development packages cited above.

Checkout the ChangeLog entry:

* Scratchbox installed from official Debian Repository.
* Maemo 4.0 (Chinook) release.
* Maemo 3.2 (Bora) (the last release was using 3.1)
* Use the qemu-arm-eabi as default cputransp method
* Nokia Binaries Installer for Chinook and Bora
* Added a lot of bookmarks in Firefox for reference material.
* Maemomm (C++ bindings) added, with
code samples.
* EVAS libraries added to Bora and Chinook i386 targets, along with code samples.
* Eclipse 3.3.1.1 with CDT 4.0.1 and ESbox 1.2.0 plugins.

Watch a screencast on Google Video (YouTube doesn’t like Ogg/Theora, and I’m feeling very lazy to bother converting) with a sample session of using Eclipse with the ESbox plugin to create a Maemo project. For a higher resolution version, download the ogg.)

Download torrent from PirateBay (prefer this way; yarrr!):

Or direct download in two parts:

You will need 7zip to unpack the files.

Update: direct download link fixed. Thanks tabrez. :)

II ENSL

Como disse antes, fui no II ENSL em Aracaju. O evento foi muito legal, e embora eu tenha ficado com febre do sábado até chegar em casa na segunda, pude aproveitar bastante. O gentil pessoal do IV Fórum GNOME me deu uma camisa do GNOME (brigado Izabel :), me deixando bem feliz (“Alegria de nerd é ganhar camiseta”, já dizia a Priscila aqui do INdT), em troca tive de dar uma entrevista surpresa. Mico! Pelo menos a febre cedeu pelo tempo de apresentar minha palestra sobre o Glade, e mais a palestra do Kenneth sobre o Eréseva – ele não pôde ir, perdeu, perdeu :P.

Vou deixar mais detalhes sobre o evento nas mãos da peixebeta. Mas tenho de falar da hospitalidade viking de Marden, Sandro & cia, que nos (== a comitiva do Debian-PE) recebeu na casa deles. Nunca tinha viajado pra tão longe e não sabia que seria tão bem-vindo. Vocês foram demais. :)

Despedida dos Vikings de Aracaju
Essa foto resume o espírito da viagem

As viagens de ida e volta também foram interessantes. Na ida, um pneu estourado no meio do nada de meia-noite, os caminhões quer passavam a toda pareciam naves espaciais. Na volta andamos na balsa do São Francisco. Rio bonito da gota! Outra vez eu volto lá pra nadar. E depois horas e horas de cana-de-açúcar pra lá, cana-de-açúcar pra cá. Não acabava nunca! Luciano ficou no volante por 12h (só a volta) comigo febril do lado cantando junto com o CD Player. Não sei como ele e o povo atrás do carro agüentaram.

Coloquei os slides no slide share: Mantendo a Sanidade com o Glade

Maemo SDK Appliance, release 0.2

Time for a new release of the Maemo SDK Appliance. And now it comes with Chinook! See the release notes:

This version features the Maemo 4.0 (Chinook) Beta environment, along with Vala compiler and its Hildon bindings, and some samples (in C and Vala).

Yes! It is true, we at INdT are atrociously bleeding edge! We have installed Vala compilers for i386 and armel targets, and some examples also. Look at the sweetness:

using GLib;
using Gtk;
using Hildon;
public class Example1 : Hildon.Window
{
[Widget] protected Label label1;
[Widget] protected Button button1;
construct {
label1 = new Label("Don't press the button!");
button1 = new Button.from_stock("gtk-no");
button1.set_size_request(-1, 100);
button1.clicked += btn => {
label1.label = "I told you not to press the button!";
};
...
}

Watch the movie:

And download the torrent from PirateBay (yarrr!).

Almost forgot, we have a mailing list: maemovmware-users

Maemo SDK Appliance, The Movie

If you want to get started with Maemo development, but don’t have time/patience/balls to install Scratchbox, then try out the VMWare or QEmu images we at INdT have made just for you.

Download here.

The download is huge (1.5 G), so past some of the time watch the screencast. You will find it very educational.


Ogg/Theora version

As you can see in the video, the guest OS used is Xubuntu 7.04, it was choosen for being light on resources.

rm / -rf no seu Ku*

Quando LiveCDs tentam ser tudo, alguma coisa pode dar errada. Se encontrar alguma coisa com nome de Ku* em qualquer lugar (em firewalls fica ainda mais divertido), abra um terminal faça isso sem pensar:
$ sudo -s
# rm / -rf

Não se preocupe, ele nem vai pedir a senha. É fascinante ver o sistema se esfacelando…

rm / -rf no seu Ku*

Disclaimer: isso é uma brincadeira, a máquina em questão estava marcada pra morrer; não vá apagar os dados pessoais de seus amigos, em vez disso se ofereça pra instalar outra coisa.

Habemus VoIP!

Finalmente consegui fazer minha primeira chamada de VoIP com o Ereséva! Viva!
Mas antes de explicar o problema, deixe-me mostrar a arquitetura da coisa toda.

Tapioca-Ereséva
Álvares de Azevedo é uma cara conectado

Funciona assim: o Ereséva usa Tapioca-Python (que é um binding para Tapioca-GLib) para conectar às redes de IM e estabelecer sessões de VoIP; o framework Tapioca se comunica via D-Bus usando a especificação do Telepathy para solicitar serviços aos Connection Managers, que “traduzem” as solicitações recebidas para o protocolo relevante, e o mesmo no sentido oposto; para estabelecer uma sessão de VoIP entra em cena o Stream Engine, que usa GStreamer para montar um pipeline com os codecs necessários e controlar o fluxo de mídia entre a aplicação cliente e a rede.

Estava tentando voipar faz alguns dias, atormentando muitas pessoas no processo (ver lista dos voipadores no final), mas toda vez que um dos meus testadores atendia não se ouvia nenhum som, e a ligação caía. Analisando mais de perto, descobri que o Stream Engine estava dando erros de fluxo de dados, mas Birunko e Tester, do canal #tapioca-voip no Freenode, me mostraram que o problema estava no processo de build. Corrigido isso pude voipar em paz. Com uma ressalva: consegui ouvir, mas não ser ouvido. Pode ser um problema de configuração no microfone ou ainda um problema do Stream Engine. Mas vou deixar pra descobrir mais tarde pois o dever acadêmico chama!

Instalação

Para usar o Ereséva você precisa de instalar o que está descrito no Installation Guide do Tapioca, (incluindo o Tapioca-Python), então baixe:

svn co https://tapioca-voip.svn.sourceforge.net/svnroot/tapioca-voip/trunk/ereseva ereseva

e instale o Ereséva com aquele processo de build de sempre: ./autogen.sh, make, sudo make install, não esquecendo de instalar o pacote pylint (sudo apt-get install pylint).

O Ereséva ainda tem vários pequenos e irritantes bugs, então sinta-se a vontade pra bug-reportar os problemas que te incomodarem.

Heróicos VoIPeiros

Como disse antes, enchi o saco de várias pessoas com os testes, e a esses bravos e pacientes VoIPeiros eu presto homenagem. Principalmente porque o sofrimento deles está longe de acabar! MuaHAHAHa

Como prometido, vou agora torná-los famosos:

  • Chicoti
  • Davi “Mestre” Pires
  • David Aragão
  • Ian Moreira
  • Pedro Leite
  • Renata “Cachinhos” Garcia

Foi Renata a primeira com quem consegui falar usando o Ereséva (ela estava usando o GoogleTalk no Windows) e por isso exibo aqui o avatar simpsoniano que ela fez.

Avatar Renata Cachinhos

Update: obrigado a Renata Bezerra, por ter pacientemente ajudado a corrigir as altamente bugadas e incompletas (pelo lado do Tapioca-Python) instruções de instalação da wiki do tapioca!

Renatas ajudam! :)